30 de dez de 2010

Tomorrow


Tomorrow
Where ya gonna be tomorrow?
How ya gonna face the sorrow?
Where ya gonna be when you die?
'Cause nothing's gonna last forever
And things they change like the weather
They're gone in the blink of an eye

Just look at yourself, can you see where you are?
Look at yourself, now you can't hide the scars
Just look at yourself 'cause there's nowhere to go
And you know

Tomorrow
You're gonna have to live with the things you say
Tomorrow
You'll have to cross bridges that you burned today
Tomorrow...
And everything you do, it's coming back for you
You'll never outrun what waits for you
Tomorrow.

And are you terrified by sadness
And have you given into madness
You're running out of places to hide
'Cause everybody's got a reason
To justify how they're feelin'
Maybe you should open your eyes

Just look at yourself, do you like what you see?
Look at yourself, is this how it should be?
Just look at yourself, 'cause there's nowhere to go
And you'll know

Tomorrow
You're gonna have to live with the things you say
Tomorrow
You'll have to cross bridges that you burned today
Tomorrow...
And everything you do, it's coming back for you
You'll never outrun what waits for you
Tomorrow.

Are you waiting for the reason to change?
Are you waiting for the end, has it came?
Nothing's gonna stand in your way...

Just look at yourself, do you like what you see?
Look at yourself, is this how it should be?

Tomorrow
You're gonna have to live with the things you say
Tomorrow
You'll have to cross bridges that you burned today
Tomorrow...
And everything you do, it's coming back for you
You'll never outrun what waits for you
Tomorrow.



Sixx AM

28 de dez de 2010

Resumo do livro Os Coletores

Imagine um futuro, não tão distante, onde qualquer orgão do corpo humano possa ser substituído por outros artificiais, melhores, indestrutíveis, mais confiaveis... Enfim, totalmente melhores. Pois estes órgãos são os Artiforgs, os tão desejados e consumidos produtos que se falam na história contada no livro.
Porém esses maravilhosos produtos possuem um problema: São muito caros. Mas como sempre, há as variadas formas de pagamentos que atraem os clientes, mas depois de um tempo fazem a maior parte falirem e não terem como pagar pelos orgãos.
E são nesses casos de inadiplências, que um agente coletor faz uma breve visita ao cliente, extrai o orgão, e o leva de volta. Seja, figado, coração, ossos, pâncreas, não importa. Apenas o que importa é levar o orgão de volta a empresa.

Os Coletores, de Eric Garcia, conta a história do melhor agente coletor formado pela Credit Union, que com uma ironia do destino e pode-se dizer, uma mãozinha de seu amigo, acaba se tornando alvo do próprio sistema que ajudou a construir, e agora basta acompanhar o livro para saber passo-a-passo o que ele passa para sobreviver, sem ser pego por outro Coletor.

"O livro que deu origem ao filme com Jude Law, Forest Whitaker e Alice Braga"

24 de dez de 2010

Liberdade de estar só

A liberdade que se tem
Quando se está sozinha,
É tão boa.
Pode se fazer tudo...
Tudo que se tem vontade
Tudo que se precisa.
Tudo que se quer.

Acender mais um cigarro
Pôr musica no volume máximo
E com o café ao lado.
Se jogar no chão
E ali permanecer
Até o café acabar,
Os cigarros se terminarem,
E uma musica ruim começar.

Trocar de musica,
Fazer outro café
E o cigarro ser substituído
Por um papel e uma caneta.

Voltar ao mesmo local anterior
E permanecer ali,
Até tudo acabar.

22 de dez de 2010

Pagando de fãs

Cara, não consigo aguentar gente que de uma hora para outra começa a pagar de fã de alguma coisa. Mariazinha do nada vira fã do skate, finge que ama a arte do skateboard desde sempre. Joaninha vê um personagem, e de repente ama ele desde que nasceu. Joãozinho de uma tal banda, Pedrinho de um time só porque ganhou, Mariozinho até mesmo porque o time perdeu e ficou falado em todo mundo SODHSOA. Mas enfim, é sempre mesma história. Assim tem vários casos. Não intendo como conseguem fingir tanto -.- Aí em algum momento tu vai e pergunta algo sobre a tal coisa, e não sabem nada. Não sabe nem as coisas mais inúteis que qualquer um saberia. Legal que daqui a pouco tempo, vão desistir de gostar da tal coisa, porque ela não vai mais ser famosa.
Não aguento mais ver isso. E parece que quanto mais eu quero me privar de gente assim, mais elas chegam perto, maior é o numero de pessoas com esse tipo de cultura. Ou até mesmo, falta de cultura.
Serio, um bom foda-se a pessoas assim e peguem suas novas "paixões" e enfim no cú.

17 de dez de 2010

Vontade

Vontade que me consome. Vontade de sair. Viajar. Agora mais do que nunca. Eu queria muito sair por essa porta e nunca mais voltar. Só uma pessoa ao meu lado. Dar a volta no mundo. Apenas pedindo carona. Por que não? Ir para lugares totalmente diferentes daquilo que eu vivo. Conhecer coisas que nunca imaginei. Estar em um carro, ouvindo Roads do Backyard Babies e vendo tudo passar por mim tao rapido. Vendo tudo ficar para tras. Vendo a paisagem mudar. Sonhar no que pode vir pela frente. Parar. Morar por apenas pouco tempo em uma cidade boa. Enjoar dela. Ir para outra. Festejar toda noite. Fazer o que eu tenho vontade. E por fim. Viver em uma cidade muito longe daqui. Com pessoas diferentes. Um idioma diferente, talvez. Jeitos diferentes. Visões diferentes. Uma vida diferente. Depois de tudo, criar um novo sonho. Uma nova vontade. E continuar vivendo. Sonhando. Realizando.


Eu sei, esse post ficou uma merda :S
Escrevi sem pensar, só escrevi.

5 de dez de 2010

Mais uma vez mudou, acabou e eu perdi.

Tudo muda, isso é fato
Mas dessa vez tudo mudou tão rápido.
Foram tão poucas horas pra tudo acabar.
Agora o desespero me aflige. 
Não consigo parar de pensar nisso.
E eu sei que vai continuar assim por um bom tempo.
Não queria sentir isso que sinto agora.
Isso dói. Dói muito.
Queria não fazer tudo errado sempre.
Realmente, queria que fosse diferente.

4 de dez de 2010

O amor


Todo mundo fala de amor. Não gosto do “amor”. Não quero falar de amor.  O amor acaba comigo. O amor viciante tira todas as forças.  Tira todas as vontades e cria novas em um só foco. Destrói o carinho que existe com os outros, porque é apenas uma pessoa que se quer e os outros são esquecidos. Destrói amizades. Afasta pessoas. Acaba com tudo. E na maioria das vezes não é correspondido, o que fode com o resto.
O amor suga todas as coisas boas.