23 de jan de 2011

Desperdiçamos o tempo como se ele fosse infinito
Desperdiçamos os momentos, como se fosse possível voltar e mudar
Desperdiçamos atitudes, como se fosse possível torna-las a serem feitas depois
Desperdiçamos palavras, como se ninguém ficasse mal com ou mesmo sem elas
Desperdício que não se acaba mais.
Como se tudo pudesse ser voltado mudado.

14 de jan de 2011

TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO TÉDIO
TÉDIO ETERNAMENTE.

Não há nada para fazer. Não há onde ir. Não há ninguém para conversar. Não há como fugir. Não há onde se esconder. Não há nada. Nada mesmo.
Quero sair. Quero festas. Quero gritar. Quero beber. Quero algum passatempo. Quero novas pessoas. Quero novos lugares. Quero diversão. Quero coisas novas. Quero poder fazer o que quero. Quero agir, mudar, alterar, usar, reutilizar, abusar.  
Quero uma vida. Quero a MINHA vida e quero vive-la.

12 de jan de 2011

Confusão

Confusão de gênios e de pensamentos, 
Confusão de pessoas e de sentimentos, 
Confusão de idéias e ideais
Confusão de medos e de receios 
Confusão de papeis e de dias, 
Confusão de historias e de palavras 
Confusão. 
Apenas uma eterna confusão que não acabará em um determinado tempo 
Apenas mudará, se transformará, e voltará. 

5 de jan de 2011

Ficou tudo no passado.
Como um beijo mal dado,
Uma palavra inacabada,
Um cigarro não fumado,
Um sorriso forçado,
Um abraço nada apertado.

Acho que será melhor assim.

Podia ser diferente?
Sim, talvez.
Na verdade, sempre pode.
Mas não foi.