11 de nov de 2010

Morte













Ele vai perder sua vida,
Vai acabar sendo destruído,
Vai perder sua cabeça.

Uma .45 vai acabar com seu cérebro.
Vão voar estilhaços para todos os lados.
O sangue vai respingar nas paredes.
O corpo vai pender para trás.
Após isso vai cair.

Queria pendurar a cabeça dele no meu quarto,
Como uma recordação.
Mas a vontade de que ela fique em pedaços é maior,
Então será isso que vai acontecer.

Vejo isso acontecendo em meus pensamentos o tempo inteiro.
E isso vai acontecer com ele um dia.
Esse dia não vai demorar,
Não pode demorar.
Ou é com ele, ou é comigo,
Prefiro que seja com ele.
Ainda tenho meus 18 anos para viver.
Ele já é um idiota, velho e acabado.
Não tem motivos mais para viver.
Já está na hora de partir.