3 de jul de 2010

apenas mais uma destruição

Antes, havia crianças brincando ali, pais dando uma volta com seus filhos, pessoas levando seus cachorros para passear... Era uma rua agradável. Era possível ouvir muitos sons – nada de carros, motos ou caminhões – eram apenas risadas e gritos alegres das crianças, os sapatos batendo no chão, músicas, conversas, pássaros...
Mas tudo isso se estragou depressa.
Uma destruição em massa.
E aquela rua perdeu toda sua vida.

Uma bomba.
Foi apenas isso que acabou com tudo que existia.
Restando ali, apenas um pacote de almas.